10.12.08

humano enrustido

"Foi de propósito". Taí uma expressão que eu gosto. Porque nos fizeram o favor de botar nas nossas cabecinhas de que querer é pecado e tudo que fizermos para conseguir o que desejamos é mal uso da inteligência que não deve ser confessado nem sob tortura. Tem gente que segue a cartilha bem direitinho. Para identifca-los é fácil, suas frases mais comuns são "Foi sem querer" ou "Foi coincidência".

Eu achei bonito quando uma amiga contou, ainda que com um pouco de vergonha, com a voz um tom mais baixo, que aproveitou o momento em que ele se levantou e foi fumar na varanda para tirar o brinco da orelha esquerda e esconder entre os lençóis da cama dele. Ela queria que ele ligasse no dia seguinte. Não que ela fosse ruim de cama, mas só para garantir, ela já estava dando a desculpa perfeita para ele ligar: "você esqueceu seu brinco aqui.. como faço para te devolver?".

Ele não ligou. "Talvez ele não tenha achado, amiga" eu falei. Ela baixou ainda mais o tom da voz para contar que tinha escolhido um brinco baratinho - já pensando na pior hipótese -, tamanho médio: nem grande o suficiente para chamar atenção imediatamente, nem tão pequeno que fosse junto com os lençóis para a lavanderia. Além de ter feito de propósito, ela havia premeditado antes de sair de casa. Não é lindo ser humano? Eu acho de uma lindeza que emociona. Quase dei parabéns a ela por ter saído do armário de "ser superior" abarrotado de gente hipócrita que não tem vontade pra nada, nem mesmo pra devolver o brinco de uma moça tão bonita.