4.3.09

detalhes tão pequenos nº 1

Tem chovido quase todos os dias em Recife. E eu que odeio guarda-chuvas, depois de várias gripes e antibióticos que minaram todas as minhas defesas, resolvi parar de tomar chuva na volta para casa. Escolhi um guarda chuva vermelho grande e lindo, me dirigi ao caixa, mas o mocinho disse que a referência não tava no produto...tudo bem, eu espero você ir lá buscar o código de barras. Eu tava muito atrapalhada com o celular que tinha acabado de comprar... porque o visor do meu celular antigo quebrou no carnaval e eu já nao aguentava receber mensagens sem saber o que elas diziam...É uma tortura pra uma pessoa curiosa como eu. Então voltando pra chuva e pro guarda chuva.... o moço voltou com o código de barras, e eu ainda mexia com chip, baterias e celulares. Paguei e nem percebi que deixei meu cartão de crédito no balcão... Eu tô tão distraída. O vendedor saiu correndo pra me entregar e eu já entrava no taxi. (Eu ando de táxi quando estou triste).

Na manhã seguinte choveu um pouco e eu já me imaginava um ponto vermelho na chuva; na porta de casa percebi que o guarda-chuva que o moço trouxe com referência era cinza. Fiquei nublada.