14.6.11

adeus, meu relógio.

Já fazia um tempo que meu Nike+ Sportband dava sinais de esgotamento, mas eu não queria acreditar que ele iria acabar assim... tão... tão... de repente, numa segunda feira a noite. Sem chance para consertos ou gambiarras. Foram quase dois anos em que ele me acompanhou em todas as corridas, quatro vez por semana, sem falhar. Mas ontem ele realmente PIFOU de vez.

Eu acredito que o contato com o suor tenha oxidado esse metalzinho da leitura do USB e nem com reza braba eu consigo passar os dados da minha corrida para o computador. Minhas duas últimas corridas ainda estavam só no relógio e mesmo sabendo que eu já as tinha corrido, me deu uma certa agonia em saber que o registro delas estaria perdido para sempre. Só Freud explica essa minha mania de registrar tudo, seja por fotografia, diário ou nikeplus (!!).


Depois de me conformar que aquele era realmente o fim e não tinha salvação pro meu reloginho, veio a enorme dúvida: COMPRAR outro sportband OU....


um relógio NIKE GPS (lançamento) 

ou virar corredor de verdade e comprar um GARMIN? 

Racionalmente, entre o Nike Gps e o Garmin, o último seria melhor pra mim pois ele possibilitaria o uso tanto na corrida quanto no ciclismo, MAS... minha criança interna fala mais alto e eu me pergunto: e as metas, comunidades e desafios do Nike Plus??? Vou abandonar tudo??  Na dúvida, terminei optando por comprar outro sportband que é BEM mais barato e quando eu estiver melhor das pernas ($$$$) eu volto a estudar os prós e contras dos relógios com GPS. Enquanto meu novo sportband não chega, vou praticando o desapego...

E vocês, são dependentes de alguma tecnologia ou só calçam o tênis e saem por aí correndo livres leves e soltos?