16.2.12

O mistério da pisada


Uma das dicas que os iniciantes na corrida mais escutam é que eles devem comprar um tênis adequado para o seu tipo de pisada. Mas saber assim ao certo se você tem a pisada neutra, pronada ou supinada não é das tarefas mais fáceis. Tem gente que passa a vida inteira de corredor na dúvida "será que piso pra dentro ou pra fora?" e não há folha de jornal molhada que dê jeito. Todas essas revistas de corrida dão a dica de correr com os pés molhados em folhas de jornal no chão para depois identificar o seu tipo de pisada. Eu desconfio que descobrir o futuro na borra de café seja tão eficiente quanto....

No meu caso, antes mesmo de começar a correr, eu já tinha certeza que pisava pra fora. Nem sei se durante a corrida eu realmente piso assim, mas prefiro acreditar nessa dogma e seguir adiante. Foi um trauma que me acompanhou a vida inteira e terminei me afeiçoando por ele. Tudo começou aos dois anos de idade quando comecei a usar bota ortopédica porque era cambota e usei por tanto tempo que terminei ficando "zambeta".  Troquei de bota e dessa vez deu tudo certo, minhas pernas ficaram "normais", mas em compensação, o médico e minha mãe acharam melhor "não mexer mais"e ignorar o fato que eu pisava muito com o lado externo do pé.  Tudo bem até eu chegar à adolescência e morrer de vergonha dos meus tênis que em poucos meses estavam todos "comidos"do lado de fora gerando um desnível considerável - pelo menos aos meus olhos de adolescente sem auto-estima.

Com o tempo não sei se por ir trocando os tênis cada vez mais por sandálias de salto ou se pela minha auto-estima começar a existir, só sei que pisar pra fora me incomodava cada vez menos. Eu já nem lembrava mais disso até quando inventei de começar a correr e ter que comprar meu primeiro tênis próprio pra corrida. Logo descobri que tinha até um nome pra esse jeito de pisar com o lado de fora do pé - era a minha pisada supinada. Tem gente que diz que essa história de analisar o solado do tênis velho é um mito, pois todos eles começam a se desgastar pelo lado externo do calcanhar. Mas só eu sei que existe um desgaste "normal"e aquele que faz uma adolescente morrer de vergonha de um tênis nem tão velho assim. Talvez eu esteja errada e um dia descubra que a minha pisada é neutra, ou sei lá o que, mas depois de tantos quilômetros rodados confortavelmente em pares de tênis pra pisada supinada será que vale a pena mesmo descobrir?