2.5.12

corridinha no feriado

Depois de um longo hiato de provas, ontem botei um número de peito na camisa pra participar do IV GP Teresina Corrida de Rua.  Treinando visando apenas a Meia do Rio em agosto, imaginei que seria tranquilo correr os 10km dessa, mas fazia tanto tempo que não participava de uma corrida que até dor de barriga eu tive durante o dia - e como não comi nenhuma porcaria, tenho certeza que foi de nervoso! Será que vou ficar velha coroca ainda ansiosa antes de uma prova? Contanto que eu não precise correr usando fralda descartável, tá beleza. Pois no dia em que eu não ficar ansiosa por uma corrida é porque o negócio desandou e quem sabe seja a hora de procurar outro esporte. Mas pelo piririri que eu tive ontem, desconfio que esse dia está longe de chegar!

Durante o dia fui me preparando para a largada que estava marcada para as 18:30. Bebi bastante água o dia todo, almocei macarronada e comi pouquinha carne, tirei um cochilo e fiz um lanche no meio da tarde. Poucos minutos antes da prova tomei um gelzinho e fui para a nossa sessão de fotos! Afinal, corrida boa é corrida com registros!! 

 Os corredores e nossos amigos que foram nos incentivar e dar uma força. É melhor ainda correr quando você sabe que existem vários abraços te esperando na chegada! Amizade é tudo!

Eu e meus dois amigos com quem corri durante a prova. Mesmo sem trocarmos palavra a prova inteira, eles foram fundamentais para a alegria da minha corrida. Pense num trio massa!

 
Na largada, ainda misturados aos outros corredores, cada um buscando o seu pace ideal. De olho no relógio para não nos afobarmos. 

Depois de um tempo os corredores se dispersam na avenida e cada um faz a sua prova. Aí vamos nós três firme e fortes para as subidas dos primeiros 5km.

Alguém tá cansado aí? Nem nós. Terminada a prova, orgulhosos de nossas medalhas, a gente só quer saber de bater papo com o povo. O descanso fica pra mais tarde.

Eu e meu vício. Uma coca geladinha fica ainda mais gostosa depois de 10km!! 


A corrida tinha uma categoria para fantasias. Não é uma boa ideia, meninas?

Foi a primeira prova que corri com o meu Nike sportwatch e adorei as estatísticas que ele dá quando sincronizamos com o computador. O gráfico que relaciona a velocidade com a altimetria do percurso é muito interessante. É perceptível como minha velocidade vai caindo a medida que a elevação aumenta na primeira metade da prova. Na volta a velocidade deveria aumentar na mesma proporção, né? Mas devido ao cansaço o aumento é mais discreto. Como adoro tirar lição de tudo, esse gráfico serviu apenas pra dizer o óbvio: treinar subidas é muito importante!


É isso, já estou ansiosa pela próxima prova!!! Bons treinos, folks!!